Postado em: na categoria Comportamento.

Para as mulheres, a imagem é mais forte do que a realidade. Isso em relação ao próprio corpo. A informação vem de um estudo da Universidade Mount Alison, no Canadá, que mostra que o que amigos acham da aparência molda a maneira como a mulher enxerga a própria silhueta.

A pesquisa, publicada no jornal Sex Roles, partiu da análise do comportamento de 75 duplas de amigas, verificando a frequência das conversas sobre o corpo, como perda de peso, exercícios, aparência e alimentação, a imagem em relação ao próprio corpo e se as participantes sentiam-se pressionadas sobre tais questões.

As pesquisadoras Louise Wasylkiw e Molly Williamson descobriram que as preocupações em relação ao corpo eram semelhantes entre as parceiras. Por exemplo, quanto mais as mulheres sentiam-se pressionadas para emagrecer, maiores foram as preocupações apontadas em relação ao próprio corpo, independentemente da forma e tamanho atuais.

“Nossa pesquisa mostra que amigas influenciam os pensamentos umas das outras em pelo menos três processos: pressão por ser magra, conversas sobre o corpo e imagem corporal. Apesar dessas percepções estarem ligadas à realidade, elas são mais fortes do que os fatos”, afirmaram as pesquisadoras

Fonte: Terra Comportamento

Talvez você também se interesse por essas:

Período para comentar encerrado.